Sugestões Bibliográficas


ADULTOS

 

TRANSIÇÃO PARA A VIDA ADULTA

OLIVEIRA, Pedro – Transição para a Vida Adulta. Dissertação

 

 

INFANTO-JUVENIL

DIFERENÇA

 

 

 

 

MCKEE, David – Elmer. Lisboa, Caminho, 2007.

Volume inaugural de uma série protagonizada por um original elefante de padrão quadriculado e colorido, Elmer constitui  um álbum sobre o direito à diferença e o apelo à tolerância e ao respeito perante ela. Cheio de humor e num registo acessível e afectuoso que a tradução conseguiu manter, o livro acompanha as tentativas de Elmer para se tornar um elefante comum e para acabar por descobrir, afinal, a sua verdadeira identidade.
As ilustrações, também assinadas por David Mckee, acentuam a especificidade da personagem e propõem um jogo de disfarces entre os elefantes, divertindo o leitor que é implicitamente chamado a descobrir Elmer no meio de uma insólita manada. | Ana Margarida Ramos www.casadaleitura.org

AMARAL, Ana Luísa – A história da Aranha Leopoldina. Porto, Campo das Letras, 2000, 22 págs.

A fábula A História da Aranha Leopoldina (2000), de Ana Luísa Amaral, construída sob a forma de uma narrativa versificada, questiona os “papéis” socialmente pré-determinados e pré-estabelecidos, pondo em acção uma personagem-heroína que contraria as regras sociais e familiares e assume a sua diferença. A intriga resolve-se de forma positiva pela aceitação da diferença da protagonista, que acaba por ser valorizada e exaltada. A estranheza da heroína define a sua singularidade enquanto personagem que foge a comportamentos tipificados e próprios da sua espécie. Assim, para além da recusa em “fazer teia” e da substituição desta actividade pela de “fazer meia”, ocorre, ainda, uma alteração ao nível dos hábitos alimentares característicos das aranhas. A opção por ser vegetariana também a distingue das outras da mesma espécie, causando a incompreensão da mãe, da família e das amigas em relação ao seu comportamento. A conclusão do trabalho “escondido”, que encerra a narrativa, altera profundamente a imagem da aranha Leopoldina junto do grupo a que pertence, deixando de ser alvo de críticas e passando a receber elogios. | Ana Margarida Ramos. www.casadaleitura.org



%d bloggers like this: